A quem interessar possa…

Em março deste ano, mandei uma queixa à Arezzo, pelo formulário de contato do site oficial da empresa, que dizia assim:

Boa noite,

Ganhei de Natal uma sandália Arezzo, mas na caixa havia um pé de cada número. O produto havia sido comprado em São Paulo, mas eu recebi o presente em São Carlos, cidade em que resido. Fui à loja Arezzo do Shopping Iguatemi São Carlos e fui informada que a loja não poderia trocar pois ficaria com um produto despareado. Achei justo (apesar de pensar que, uma marca do porte da Arezzo, cujas franquias têm “comunicação diária” com a matriz, conforme informado neste mesmo site, poderia dispor de um serviço de troca entre as lojas), mas entendi as razões que a vendedora apresentou. Enviei de volta a sandália para a pessoa que me havia presenteado – minha tia -, pedindo o favor de trocar pelo par certo na loja em que ela havia comprado, e expliquei o acontecido. O produto foi, de fato, trocado por outro modelo, já que não havia mais o modelo original. Minha tia me enviou o presente por sedex (arcando com todos os custos), mas o modelo que veio, apesar do número certo, ficou apertado nas tiras, e precisaria ser trocado novamente. Liguei para minha tia, que foi até a loja pedir informações e FOI INFORMADA PELA ATENDENTE DA LOJA DO SHOPPING MORUMBI que eu poderia efetuar a troca em qualquer loja Arezzo. Hoje fui à loja Arezzo do Shopping Iguatemi São Carlos e a vendedora se recusou a trocar o produto porque não havia o mesmo modelo naquela loja. Me disse, ainda, que eu NÃO PODERIA trocar por outro modelo, mesmo pagando a diferença, porque ela não teria nem como verificar o preço daquele modelo, que “não estava registrado no sistema da loja”. Contei toda a história, pedi como um favor pessoal, já que sou cliente antiga da loja, mas a atendente foi irredutível. Pedi para falar com o gerente da loja e fui informada de que a gerente “não ficava na loja o dia todo”. Tentei insistir mais uma vez com a funcionária da loja Arezzo do shopping Iguatemi São Carlos, mas recebi como resposta que “a loja não tem nenhuma obrigação de trocar mercadorias só porque não serviram, faz isso apenas como cortesia para as clientes”. Eu sei disso, conheço o Código de Defesa do Consumidor. Apenas senti que eu não era uma cliente merecedora de uma cortesia. Pois bem.
Por fim, voltei para casa SEM meu presente de Natal e MUITO decepcionada com a Arezzo. Como pode uma marca internacional, com o prestígio da Arezzo, não ter um serviço de troca entre as lojas franqueadas? Como pode uma cliente antiga e fiel à marca ser tratada com tanto desprezo?
Procurando hoje no Google pelo site da empresa para poder fazer a reclamação, deparei-me com uma quantidade anormal de consumidoras da marca reclamando em sites e blogs sobre a falta de cuidado das atendentes e franqueadas, e da pouca qualidade apresentada pelos produtos Arezzo. Parece que a marca está ficando mais conhecida pelos problemas que tem causado aos consumidores do que pela beleza e estilo dos produtos. Eu, pessoalmente, não sinto nenhuma vontade de voltar a comprar nada na Arezzo. Posso empregar meu dinheiro em marcas de maior qualidade e que me tratam com mais respeito. Espero que minha queixa seja ao menos ouvida pela empresa. Acho que mereço ao menos uma explicação sobre essa situação.
Obrigada,
Ana Arantes

Até hoje… NADA.

Fica a dica.

Beijos,

A.

Anúncios

8 Comentários

Arquivado em e daí?!, Errei, Oi?!

8 Respostas para “A quem interessar possa…

  1. Passei pela mesma situação, duas vezes!, sendo tratada com deboche ou como um incômodo nas lojas por atendentes e gerentes. Não compro mais Arezzo há muito tempo, devo até ter pago mais caro já, mas não olho nem a vitrine mais de nenhuma Arezzo.

  2. Sibele

    E a Arezzo embarca na política burra de desconsiderar seus clientes em plena era da internet e de comunicação (e reclamação) instantânea, que reverbera como um buzz. Tsc, tsc.
    É a velha história… sabem aquele ditado que diz que confiança leva-se tempo para conquistar, mas perde-se em segundos? Te cuida, Arezzo…

  3. Jéssica

    Olá, fiquei indignada com essa história todas, mas nunca gostei da marca então ñ me surpreende, mas mudando um pouco o foco fiquei muito feliz em encontrar um blog de alguem da minha cidade que tenha como tema uma coisa tão básica pq vida de uma mulher, encontrar produtos bons e sem preços abusivos.
    Adorei seu blog! =D

  4. Sandra Brocksom

    Oi Aninha,
    conseguiu resposta?? ou está esperando … ainda!!
    beijos
    Sandra

  5. Oi Ana!
    Tente fazer uma reclamação no site “Reclame Aqui”. Você já tentou?! beijos!

  6. Fanny

    Oi Aninha. Realmente a Arezzo nao esta nem ai para os clientes, ja passei por situacao semelhante com uma bolsa com defeito em 3 meses de uso e precisei acionar o PROCON, e agora aguardo audiencia com a empresa, sim a empresa preferiu uma audiencia do que fazer a analise da bolsa. Enfim, procure seus direitos, porque no que depender deles, eles ficam esperando vc esquecer do assunto. Boa sorte!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s